Cinema

R.I.P.D. – Agentes do Além: 5 curiosidades do filme de romance

Explore as curiosidades por trás de "R.I.P.D. - Agentes do Além", uma adaptação cinematográfica dos quadrinhos que combina ação, humor e romance. Descubra detalhes sobre a origem do título, atores cotados, reutilização de adereços e a adaptação da história dos quadrinhos para as telonas.

“R.I.P.D. – Agentes do Além” é uma adaptação cinematográfica da aclamada série de quadrinhos escrita por Peter M. Lenkov e desenhada por Lucas Marangon. Publicada pela Dark Horse Comics entre outubro de 1999 e janeiro de 2000, a série conquistou fãs ao combinar elementos sobrenaturais com uma narrativa policial única. O filme, lançado em 2013, trouxe essa história intrigante para as telonas, adicionando um toque de romance e comédia à mistura de ação e aventura que caracterizou os quadrinhos.

Nesta adaptação, os personagens principais, interpretados por Jeff Bridges e Ryan Reynolds, formam uma dupla improvável de agentes do além que trabalham para manter a ordem no mundo dos mortos. Com uma trama repleta de ação, humor e momentos tocantes, se destaca não apenas pela sua história envolvente, mas também por várias curiosidades interessantes que ocorreram durante sua produção. Vamos explorar fatos que tornam ele ainda mais fascinante.

5 curiosidades do filme R.I.P.D. – Agentes do Além

Significado e origem da sigla R.I.P.D.

O título “R.I.P.D.” é uma combinação inteligente que brinca com a expressão “Rest In Peace” (Descanse em Paz), comumente vista em lápides, e as iniciais das forças policiais norte-americanas, como N.Y.P.D. (New York Police Department) e L.A.P.D. (Los Angeles Police Department).

Essa fusão de termos não apenas capta a essência do enredo, que envolve policiais falecidos que continuam a servir como agentes da lei no além, mas também destaca a criatividade dos criadores em mesclar elementos do sobrenatural com a ação policial.

Filme R I P D Agentes Do Alem
Foto: Divulgação

Atores cotados para os papéis principais

Durante a fase de pré-produção do filme, diversos atores renomados foram considerados para os papéis principais. Zach Galifianakis, famoso por seu papel na série de filmes “Se Beber, Não Case”, esteve cotado para interpretar Roy Pulsipher, um dos agentes do além.

Além disso, Jodie Foster, duas vezes vencedora do Oscar, foi considerada para o papel da personagem Procter, a líder do departamento. Embora esses atores não tenham participado do filme final, suas possíveis inclusões geraram grande expectativa entre os fãs.

Carro de polícia recorrente em Hollywood

Um dos carros de polícia utilizados em “R.I.P.D. – Agentes do Além” também apareceu em outros filmes de Hollywood, como “Este é o Meu Garoto” e “Atração Perigosa”. A reutilização de adereços é uma prática comum na indústria cinematográfica, permitindo que as produções reduzam custos e criem uma sensação de familiaridade para os espectadores mais atentos.

Esse detalhe curioso adiciona uma camada extra de interesse para os entusiastas do cinema que gostam de identificar esses elementos recorrentes.

A adaptação dos quadrinhos para o cinema

A transição de “R.I.P.D.” dos quadrinhos para o cinema envolveu várias adaptações para adequar a história ao formato de longa-metragem. Embora a essência da série original tenha sido preservada, com seus elementos sobrenaturais e a dinâmica policial, o filme introduziu novos aspectos, como um toque de romance e uma dose maior de humor, para atrair um público mais amplo.

Essa adaptação bem-sucedida destaca a versatilidade da narrativa original e a habilidade dos cineastas em manter a essência da obra enquanto a tornam acessível para novos espectadores.

Recepção e impacto cultural

Apesar de não ter sido um grande sucesso de bilheteria, conquistou uma base de fãs leal que aprecia a combinação única de gêneros e a química entre os protagonistas. O filme também estimulou um interesse renovado pelos quadrinhos originais, levando novos leitores a explorar a série de Peter M. Lenkov e Lucas Marangon.

Além disso, a presença de estrelas como Jeff Bridges e Ryan Reynolds ajudou a elevar o perfil do filme, garantindo seu lugar na cultura pop contemporânea.

    Essa é uma obra que vai além de sua premissa intrigante, oferecendo aos espectadores uma experiência rica em curiosidades e detalhes interessantes. Essas peculiaridades não apenas enriquecem a compreensão do filme, mas também celebram a criatividade e o esforço colaborativo que tornam possíveis adaptações tão cativantes.

    Receba também as principais notícias do Todo Canal no seu WhatsApp. Clique aqui e entre no nosso grupo oficial de novelas! clique aqui!

    Leandro Mendonça

    Leandro Mendonça é o nosso Editor Chefe. Formado em Administração pela Faculdade Latino Americana de Educação (FLATED). Teve passagem pelo RD1 Audiência e site NaTelinha. Atualmente mantém ativo o Dicas Cel e o Guia de Perfumes, também parceiros do Portal N10.

    Deixe uma resposta

    Botão Voltar ao topo

    Adblock detectado

    Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.