Notícias

Beatles anunciam lançamento da “última” canção, “Now and Then”, graças à tecnologia IA

Os fãs dos Beatles em todo o mundo estão em festa com a notícia da chegada iminente de “Now and Then“, a tão aguardada “última” canção da banda icônica. Mais de seis décadas após o lançamento de seu single de estreia no Reino Unido, “Love Me Do”, a banda irá lançar esta nova joia musical no dia 2 de novembro.

Originalmente escrita e cantada por John Lennon no final dos anos 1970, a canção foi gravada por ele em sua casa no Dakota Building, em Nova York. Yoko Ono, viúva de Lennon, em 1994, entregou a demo a Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr, no entanto, limitações tecnológicas da época impediram que a canção fosse finalizada com os vocais e piano originais de Lennon.

A tecnologia desempenhou um papel crucial na realização deste projeto adiado. A mesma tecnologia de IA que melhorou o áudio no documentário “Get Back” de Peter Jackson foi utilizada para isolar os vocais originais de Lennon. Isso permitiu que McCartney e Starr dessem novos toques à música, incluindo partes de guitarra gravadas por Harrison em 1995 e uma nova seção de cordas escrita por McCartney, Giles Martin e Ben Foster.

Sentimentos e homenagens

A emoção é evidente nas palavras dos membros sobreviventes. “Lá estava, a voz de John, cristalina. É muito emocionante“, compartilhou McCartney. Ringo Starr ecoou esse sentimento, dizendo: “Foi como se John estivesse lá. É incrível.

A canção também presta homenagem à jornada da banda, sendo lançada como um single duplo A-side juntamente com “Love Me Do”, e apresentando a arte original de Ed Ruscha.

Antes do lançamento do single, um documentário de 12 minutos intitulado “Now and Then – The Last Beatles Song” estreará no canal oficial dos Beatles no YouTube em 1º de novembro. Além disso, edições ampliadas dos clássicos álbuns “The Red Album” e “The Blue Album” serão lançadas em 10 de novembro, com “Now and Then” incluído na coleção atualizada.

Sean Ono Lennon, filho de John Lennon, expressou seus sentimentos sobre a nova canção, dizendo: “É a última música que meu pai, Paul, George e Ringo fizeram juntos. É como uma cápsula do tempo e tudo parece muito predestinado.

Com este lançamento, The Beatles, mais uma vez, mostram que sua música é atemporal e continua a tocar corações ao redor do mundo, mesmo após tantos anos.

Receba também as principais notícias do Todo Canal no seu WhatsApp. Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.